Manual de guerreio

Editorial

O manual reúne conhecimentos relacionados à prática do guerreio. Inspirado nas enciclopédias populares ilustradas e nos pequenos livros de grande conteúdo, é um compêndio de táticas que podem ser replicadas para viver com autonomia.

O guerreio é a vivência da rua. É observar e interagir: estar atento ao entorno e aos recursos disponíveis para reorientá-los no sentido de um consumo tático, visando um mínimo desperdício. É resistir pela esquiva e saber fazer uso das margens de manobra. Aprender a produzir com autonomia: plantar, colher, cozinhar, costurar, cuidar de si. É resselvagizar: propiciar áreas onde o habitat possa se restaurar naturalmente, o que requer descolonizar a mente e afiar os sentidos.

O leitor irá encontrar nas páginas deste manual receitas e procedimentos que foram reunidos durante um ano de pesquisa de campo (em casa, na rua e na universidade, entre amigos e desconhecidos) e estão relacionados com a maneira singular com que cada um que participou desta pesquisa pratica o guerreio em seu cotidiano.

O manual está organizado em quatro partes. As páginas amarelas apresentam em verbetes um conjunto de Táticas para viver com autonomia. O perrengue e as esquivas urbanas traz relatos de experiências e práticas astuciosas. Resselvagização relata alguns dos dispositivos de jardinagem revolucionária desenvolvidos pelo Observatório-móvel. A última parte, Mídias táticas, reúne trabalhos gráficos que se relacionam com maneiras de utilizar o espaço público para a circulação de ideias.